< ARVORES DE FIGUEIRA BRANCA -MUDAS DE FIGUEIRA BRANCA

 

arvores de figueira branca

mudas de figueira branca

FIGUEIRA BRANCA (Ficus guaranitica)

Ocorrência  Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Goiás, São Paulo e norte do Paraná. 
Outros nomes  figueira brava, figueira, mata pau, figueira mata pau 
Características  árvore perene com copa densa podendo chegar a mais de 20 m de diâmetro. Alcança de 8 a 20 metros de altura, com tronco dotado de sapopemas basais de 90 a 180 cm de diâmetro. Possui folhas pecioladas, glabras, grossa, coriáceas, com a lâmina foliar elíptica, oblonga ou ovada de 10 a 20 cm de comprimento por 6 a 10 cm de largura. Os figos axilares se desenvolvem em duplas. 
Habitat  floresta semidecídua 
Propagação  sementes 
Madeira  moderadamente pesada, macia, testura grossa, grã direita, pouco resistente, de baixa durabilidade natural. 

Utilidade  madeira usada para miolo de portas e painés, caixotaria leve, confecção de chapas e folheados. Os frutos são consumidos por morcegos e outros animais. Proporciona ótima sombra, sendo utilizada na arborização de grandes áreas urbanas e rurais. Indicada para recomposição de áreas degradadas e matas ciliares. Suas sementes são amplamente disseminadas pelas aves e macacos. O plantio na beira dos rios é muito importante, pois, além de fornecer alimento à fauna silvestre, seus frutos são intensamente consumidos pelos peixes, como o pacu, a piapara, a piracanjuba, além de outros. 
Florescimento  setembro a outubro 
Frutificação  dezembro a janeiro 

figueira