<PAINEIRA:ARVORES E MUDAS DE PAINEIRA

mudas nativas de PAINEIRA

muda de paineira

Mudas Floresta- Chacara das Palmeiras-Tupã


MUDAS DE PAINEIRA

  • Classificação científica
    Reino: Plantae
    Divisão: Magnoliophyta
    Classe: Magnoliopsida
    Ordem: Malvales
    Família: Malvaceae
    Subfamília: Bombacoideae
    Género: Chorisia

    Há várias espécies conhecidas como paineira no Brasil, quase todas pertencendo ao gênero Chorisia. De todas, a mais conhecida é a paineira da espécie Chorisia speciosa St.-Hill. da família Bombacaceae, nativa das florestas brasileiras.

    É árvore com até 20 metros de altura, tronco cinzento-esverdeado com fortes acúleos rombudos, afiados nos ramos mais jovens. As folhas são compostas palmadas, e caem na época da floração. As flores são grandes, com 5 pétalas rosadas com pintas vermelhas e bordas brancas. Seus órgãos reproductivos encontram-se unidos em um longo androginóforo. Os frutos são cápsulas verdes, que, quando maduras, explodem, expondo as sementes envoltas em fibras finas e brancas que auxiliam na flutuação, que é chamada de paina. Uma grande paineira pode deixar um tapete branco de paina caída aos seus pés no final da época de frutificação.

    As paineiras são cultivadas especialmente por suas qualidades ornamentais (tronco imponente, folhagem descídua, flores grandes e coloridas e frutos que expõem as painas como flocos de algodão em seus ramos). A paina é uma fibra fina e sedosa, mas pouco resistente, não sendo muito aproveitada na confecção de tecidos, mas mais como preenchimento de travesseiros e brinquedos de pelúcia.